faleconosco@tudoparamulher.net

Diálogo: receita de felicidade

Diálogo: receita de felicidade

Diálogo: receita de felicidade

643 0

Olá querida leitora, essa semana quero abordar um tema importante para manter a saúde do seu relacionamento familiar: a comunicação assertiva. Tanto em família quanto na vida profissional, não dar importância à comunicação significa perder a oportunidade de bom relacionamento.

No casamento, a falta de comunicação adequada traz frustração, infelicidade, ressentimento, rebelião, podendo chegar até ao divórcio. Com os filhos, essa ausência ou comunicação inadequada pode causar isolamento, afastamento, sentimento de culpa e até alienação.

Dentro do coaching, utilizamos técnicas para melhorar a comunicação da Programação Neurolinguística. E observe o que a PNL caracteriza como significado da comunicação: “O significado da comunicação não é simplesmente aquilo que você pretende, mas também a resposta que obtém.” (PNL)

Então querida leitora, para que a sua comunicação seja assertiva, o pressuposto é que o responsável pela comunicação seja o emissor e não o receptor. Vou ajudá-la a refletir:

- Quando eu falo, sou compreendida?

- Estão fazendo o que eu solicito em casa?

- Qual a melhor forma de eu ser ouvida?

O segundo ponto a analisar é se você tem ouvido, pacificamente, os membros da sua família. A habilidade em ouvir, vai ajudá-la a compreender, praticar a empatia e, muitas vezes, evitar a necessidade de repetir. 

Vou ajudá-la a refletir:

- Como posso ouvir esse familiar com mais atenção?

- Qual o melhor momento para eu ouvir?

- Quais são os sentimentos que tenho quando ouço esse familiar?

O terceiro ponto é analisar se a comunicação, naquele momento que você quer fazer, será construtiva. 

- O que vou falar tem palavras positivas?

- Como estão as minhas emoções neste momento?

- Este diálogo trará quais benefícios à nossa relação? 


“Se você falar com um homem numa linguagem que ele compreende, isso entra na cabeça dele.

Se você falar com ele em sua própria linguagem, você atinge seu coração” -  Nelson Mandela.

Espero que você tenha gostado deste conteúdo e que o coloque em prática. Lembre-se que o conhecimento sem ação é mera informação e que comportamento é possível mudar, desde que seja treinado constantemente. Você consegue querida leitora, o seu comportamento é reflexo do seu pensamento. E é esse pensamento que estamos trabalhando para mudar, ok? ;) 

Conte comigo nessa jornada. Um super beijo e lindo caminhar!

Publicações Relacionadas

Exemplos do dia a dia

Sem se dar conta, pais ensinam filhos a serem preconceituosos, homofóbicos e descriminatórios.

O 05 de novembro

Ser incumbida de cuidar do sonho de alguém faz tremer, mas mostra o quanto você também é importante para esse alguém.

De mãe para filha - receitas de família

Cadernos de receitas trazem consigo muito mais que segredos culinários de família, trazem traços afetivos, histórias nas entrelinhas.

Seja o primeiro a comentar

ENVIAR UM COMENTÁRIO

PORQUE MEU COMENTÁRIO NÃO APARECEU?

Os comentários do portal são moderados, então podem demorar um pouco a serem autorizados. Comentários ofensivos não são publicados.