faleconosco@tudoparamulher.net

Gordofobia: entenda porque este preconceito é tão grave

Gordofobia: entenda porque este preconceito é tão grave

Gordofobia: entenda porque este preconceito é tão grave

1849 0

Você já ouviu falar em “gordofobia”? Se não, você deve suspeitar do que se trata. O sufixo fobia se refere à aversão e, nesse caso, aversão a pessoas gordas. Mas o que levaria alguém a ter alguma coisa contra pessoas gordas? Gordo é uma característica como qualquer outra. Magra, alta, forte, baixo, fraca, morena, loira… São diversas características, mas nenhuma delas parece incomodar tanto quanto “gorda”, que em algumas situações soa até como xingamento.

 

O que é a gordofobia?
Os padrões de beleza impostos e reforçados a todo momento pela sociedade e pela mídia criaram um modelo de corpo “perfeito”. E, como você já sabe, corpo perfeito aqui não significa aquele que realiza todas suas funções vitais. Você é cobrada a todo momento para ser magra (mas não muito magra) e ter curvas muito bem definidas. E aí entram as dietas mirabolantese muita academia para você ficar com o “corpo perfeito”, no “peso ideal”.

A psicóloga Ellen Moraes Senra conta que a gordofobia é causadora de diversos transtornos, principalmente os alimentares: “A vítima da gordofobia pode desenvolver transtornos alimentares sérios, tais como a compulsão alimentar, a bulimia, anorexia ou mesmo a recém conhecida vigorexia, que consiste na obsessão pelo padrão de vida fitness.”

A gordofobia está em todas as esferas da sociedade, desde a pessoa que chama alguém de “gorda” em tom de xingamento até as marcas de roupa que só fazem calças até o tamanho 42. Passando também pelos assentos apertados nos ônibus e as cadeiras com braços nos restaurantes. Todos os dias, milhares de pessoas gordas passam por esses e outros inúmeros constrangimentos simplesmente por não poderem agir confortavelmente e naturalmente em situações corriqueiras.

De acordo com a psicóloga Ellen, a gordofobia está presente em diversas outras situações, mas em algumas, ainda é velada. “A pessoa que posta piadas sobre pessoas gordas nas redes sociais e na frente da pessoa diz que não tem nada contra e que o importante é ter saúde, ela também está cometendo um ato de gordofobia.”

 

Gordofobia é crime?
Não existe uma lei que se refira exatamente à injúria contra pessoas gordas, mas isso pode ser enquadrado como crime contra a honra, caso a pessoa se sinta ofendida. O crime de injúria consta no art. 140 do Código Penal.

 

8 coisas gordofóbicas que temos e nem percebemos

O preconceito já está, infelizmente, enraizado na sociedade e em nossas ações. Confira algumas coisas que falamos e fazemos que são indicativas de gordofobia:

Dizer que alguém é “linda de rosto”: ser gorda não é sinônimo de ser feia. Dizer que alguém é “linda de rosto” é excluir o resto de seu corpo, é dizer que o resto do seu corpo é feio.

Engordar um pouco e dizer que está “muito gorda, imensa…”: a palavra de ordem nesse caso é empatia. Sabe quando você dá aquela engordadinha, mas mesmo assim não está nem perto de ter o corpo daquela sua amiga que é realmente gorda e sofre os efeitos disso em várias situações do cotidiano? Então, pare e pense se ficar resmungando que está gorda faz algum sentido.

A expressão “fazer gordice”: ser gordo não está ligado somente com o fato de comer alimentos “gordos”. O ato de comer um combo de hambúrguer com batata frita e refrigerante não é exclusividade dos gordos e pode ser que muitos deles nem tenham esse tipo de regime alimentar.

Dizer que alguém está magra em tom de elogio: atire a primeira pedra quem nunca falou para alguém “que magra!” como se estivesse falando “que linda!”. Ser magra não é qualidade, é característica. Assim como ser gorda não é defeito.

A expressão “você não está gorda, está linda!”: mais uma vez: por que as gordas não podem ser lindas? Uma pessoa pode ser gorda e linda ao mesmo tempo SIM!
Dar dicas de dietas e exercícios físicos sem alguém ter pedido: dar dicas de dietas e exercícios físicos sem alguém ter pedido é assumir que a pessoa quer emagrecer, mas quem deve decidir isso é ela e, caso ela te pergunte, fique à vontade para dar suas dicas.

Usar o argumento do IMC e da saúde: o IMC (Índice de Massa Corpórea) é uma medida internacional que determina se seu peso é o ideal para a sua altura. Esse índice é bastante polêmico porque exclui qualquer outro aspecto para dizer se seu peso está ideal, sendo que uma pessoa pode ter diversos outros problemas de saúde e no fim das contas seu peso e sua altura são o que menos importam.

Fonte: dicademulher.com.br 

Publicações Relacionadas

Sensualidade não tem nada a ver com forma física

Corpo fora dos padrões pode ser tão desejado e enaltecido quanto tantos outros.

Fique linda e ajude à AMO

Você tem até o dia 09 para adquirir o lenço no stand montado no shopping Jardins.

Cida Duarte Lounge Hair lança pacotes promocionais

Preços especiais em diferentes tratamentos, inclusive na área de estética facial/corporal.

Seja o primeiro a comentar

ENVIAR UM COMENTÁRIO

PORQUE MEU COMENTÁRIO NÃO APARECEU?

Os comentários do portal são moderados, então podem demorar um pouco a serem autorizados. Comentários ofensivos não são publicados.