faleconosco@tudoparamulher.net

O poder que flui por Entre as Pernas

O poder que flui por Entre as Pernas

O poder que flui por Entre as Pernas

366 0

Marque na sua agenda. Nos dias 14 e 15 desse mês, você tem um compromisso imperdível.  Nessas datas acontece, em Aracaju, o 4⁰ workshop Entre as Pernas. O nome é bem instigante não é mesmo?  Ao me deparar com a divulgação do evento, fiquei curiosa para saber mais sobre ele, em cujo cartaz de apresentação, lê-se: uma batalha de mulheres contra as suas próprias inseguranças.

Ao entrar em contato com a idealizadora e produtora, Paloma Augusta, quis saber de que modo o chair dance pode, na prática, despertar a nossa sensualidade. Outra dúvida foi saber de que modo as danças pélvicas (afro, funk e twerk) ajudam a promover o encontro “entre corpo e mente que inúmeros padrões estéticos, impostos por uma sociedade cruel e machista, insistem em separar”.
Vamos conferir o bate-papo? Estou certa de que, após ler essa entrevista, você vai querer garantir a sua vaga, por isso, já vou deixar aqui o link para informações e inscrições. wink

Tudo para Mulher - O workshop se destina a que tipo de mulher? 
Paloma Augusta - A todas as mulheres que buscam o amor próprio.

Tudo para Mulher - O que vem a ser o chair dance? Como ele pode contribuir para o despertar da sensualidade? 
Paloma Augusta - O Chair Dance é a própria sensualidade, rsrs. É uma modalidade de dança que utiliza uma cadeira. Normalmente, é utilizada para agradar ao parceiro ou parceira, porém, é poderosíssima na função de despertar a sensualidade da mulher. Dá para apenas executar os movimentos apoiando-se na cadeira, sentando e levantando, e fazendo as jogadas de pernas e de cabelos – que fazem toda a diferença –, como também dá para executar algumas acrobacias, mas isso é para as mais experientes.

Tudo para Mulher - De que modo esse despertar transforma o comportamento da mulher? 
Paloma Augusta -
 Por meio da autoestima. As danças sensuais possuem uma conexão incrível com o cérebro da mulher. A sensação de poder e de sensualidade as torna mais confiantes. Isso transparece no sorriso, na maneira como falam, caminham, vestem e se comportam. Uma mulher confiante é uma mulher apaixonante e feliz. Fazer esse trabalho com mulheres é a coisa mais maravilhosa que eu poderia fazer na vida. Cada mulher que passa pelo processo de autoaceitação, de amor próprio, é uma grande amiga que eu ganho.

Tudo para Mulher - Como a sensualidade feminina era vivida na ancestralidade? O que mudou?
Paloma Augusta -
Nossas ancestrais possuíam o corpo totalmente conectado às emoções, à natureza e aos planos espirituais. O feminino era ligado à cura e à sabedoria. As mulheres tinham grande influência no campo social, na educação e na cultura. Porém, as mulheres foram fortemente reprimidas, literalmente queimadas. O mais triste é ver que umas condenam às outras. Esse comportamento é fruto da desunião que a cultura machista disseminou nas mulheres para se fortalecer. Isso é terrível. Mas, aos poucos, estamos nos unindo e recuperando os verdadeiros valores femininos.

Tudo para Mulher - Que tipo de efeitos as danças pélvicas são capazes de promover na autoestima da mulher? 
Paloma Augusta -
Danças pélvicas foi o nome que demos a todas as danças que mexem com a pélvis feminina, como a dança afro, o funk e o twerk. O movimento pélvico é visto como uma chamada para o sexo. No Entre as Pernas, desmistificamos isso e chamamos as mulheres para uma batalha de libertação, mostramos a elas que é divertido e empoderador mexer a região pélvica, brincar com ela, conhecer e dominar os seus movimentos.

Como esse assunto dá muito "pano pra manga", se você quiser ler mais sobre o evento e as maravilhas desse movimento de poder feminino, clique aqui e continue lendo. 

Publicações Relacionadas

Workshop de Pole Sensual em comemoração ao Dia da Mulher

Basta ser mulher estar disposta a redescobrir sua sensualidade.

Vem aí o 1º Festival Sergipano de Pole Dance

Evento está com espaço aberto para apresentações.

Sai do trânsito você também!

Artigo inspirador narra como uma jovem de 20 anos conseguiu ser a dona da sua velocidade e do seu caminho.

Seja o primeiro a comentar

ENVIAR UM COMENTÁRIO

PORQUE MEU COMENTÁRIO NÃO APARECEU?

Os comentários do portal são moderados, então podem demorar um pouco a serem autorizados. Comentários ofensivos não são publicados.