faleconosco@tudoparamulher.net

Será que há mesmo algo errado com você?

Será que há mesmo algo errado com você?

Será que há mesmo algo errado com você?

308 0

*Por Frederico Mattos


Outro dia uma garota me questionou sobre o relacionamento amoroso dela preocupada, imaginando que algo estava errado, a fala foi mais ou menos assim: “Fred, estou preocupada com o meu relacionamento, não tenho aquelas paixões de novela, nossa frequência sexual não é de coelhos no cio, somos bem tranquilos, sem grandes exageros para nenhuma direção, sei lá, todo mundo parece tão ativo, viajando e aparentemente feliz…”

Minha posição para isso é bem clara, devemos tomar cuidado ao analisar nossa vida a partir da média das pessoas, principalmente se tomamos como referência aquelas que são muito expressivas, e porque não dizer, afetadas e exageradas.

Existe uma profusão de manifestações excêntricas de como deveria ser a vida. Um profissional parece sempre ter que viver apaixonado pelo seu propósito de vida, uma mãe tem que adorar o papel de cuidar dos filhos, um casal precisa viver debaixo de uma trilha sonora cheia de emoção.

Não sei você, mas eu me sentiria muito perturbado se a música da vida estivesse tocando alto demais o tempo todo. Principalmente quando pensamos em situações delicadas e sensíveis da nossa vida, em especial as situações cotidianas, onde os temperos exagerados são mais problemáticos que desejáveis.

Mas quando brotam por aí manifestações exageradas do que é a vida, o amor, o trabalho parece ficar um gosto amargo para todos que vivem uma vida sem grandes arroubos de que algo está muito errado e fora do eixo. É como uma pessoa que mora  em uma grande metrópole vai para uma cidade menor e fala “nossa, isso aqui é meio parado, né?”. Não, é só a referência do que é razoável que está meio deturpada.

Tenha cuidado extra quando afirmar que sua vida está chata ou precisando de movimento, o ritmo dela pode estar seguindo um compasso diferente da média das pessoas extremas que vemos circulando em torno de nós.

 

Foto: pedagoteca.ro

Publicações Relacionadas

O mundo não é exatamente como desejamos

O sofrimento de quem acredita que deveria ser de um jeito que, na prática, não é.

Ponto G: encontre o seu

O clitóris tem cerca de 9 mil terminações nervosas, é preciso aprender a estimulá-lo.

Não confunda felicidade com alegria

Felicidade não é um estado momentâneo que depende de altos e baixos para se sustentar.

Seja o primeiro a comentar

ENVIAR UM COMENTÁRIO

PORQUE MEU COMENTÁRIO NÃO APARECEU?

Os comentários do portal são moderados, então podem demorar um pouco a serem autorizados. Comentários ofensivos não são publicados.