faleconosco@tudoparamulher.net

Vamos fazer uma corrente de Divas?

Vamos fazer uma corrente de Divas?

Vamos fazer uma corrente de Divas?

290 0

“Eu sou uma Diva”. Esta foi uma das frases mais repetidas por cerca de 20 mulheres, que participaram da oficina Diva, que aconteceu no último sábado, no espaço de empoderamento feminino Entre as Pernas. O evento, “Maratona Entre as Pernas”, reuniu todas as modalidades do studio em 6hs de oficinas gratuitas. Mais ou menos 60 mulheres passaram pelo espaço, curtiram as atividades, conheceram umas às outras e um pouquinho delas próprias.

Claro que eu registrei vários momentos lindos na minha cabecinha, mas teve um muito especial que me chamou atenção do qual falo já, mas antes preciso explicar o que é o Diva.

Andrea Góes, que era minha aluna de pole dance e já demonstrava ser uma mulher muito singular, entrou em contato comigo quando anunciei a inauguração do studio. Ela me mandou uma mensagem dizendo que queria dar aula no espaço. Eu não a conhecia muito bem, mas sabia que ela era dançarina de dança do ventre há muitos anos. Apesar de já termos uma professora da modalidade, fiquei bem interessada.

Foi aí que ela me apresentou o Diva, que significa Desenvolvimento Interior com Valorização da Autoestima. Falou que faria uma mistura de danças femininas, como o burlesque, chair dance, a própria dança do ventre, stileto e outras. De cara, achei o máximo e topei. Mas, desde a inauguração do studio, eu não sabia exatamente como explicar às pessoas o que era esse projeto, o que era um absurdo. Afinal, fazia parte dos nossos serviços e eu não sabia bem como falar sobre ele. blush

Na Maratona, finalmente eu entendi exatamente o que era e - agora sim - posso falar sobre ele com propriedade. Como na oficina de Andrea tinha bastante mulher, consegui observar, e sentir, até porque eu fiz parte, que não se faz um curso como esse para aprender passos de dança nem decorar coreografias. Ninguém vai sair por aí dizendo “eu vou fazer uma coreografia de Diva”. Não se trata disso. O buraco é beeem mais embaixo. 

Esse projeto é um encontro poderosíssimo de mulheres com o seu próprio prazer. Eu tô falando de prazer sexual mesmo. A mulher que faz o curso da Andreia sai de lá com vontade de chegar em casa, tirar a calcinha e fazer um carinho em si mesma. Acho que quem participou não vai me deixar mentir. 

Por meio de sábias e bem-humoradas palavras, a gente se deixa conduzir até ultrapassar todos os limites da nossa timidez. Parece uma hipnose do amor próprio. Você, leitora, pode estar aí achando que eu sou louca e continuo não sabendo explicar o Diva. Então, te convido a sentir com os seus próprios sentidos. Vai lá, conhece e depois me conta. wink

Mas, voltando ao assunto do tal momento que me chamou tanto a atenção... Nos sentamos em círculo e Andrea pediu para que, cada uma, completasse a frase: “Eu sou uma diva porque...”. Gente, cada depoimento que veio à tona poderia dar um livro. Algumas falaram sobre coisas muito particulares em suas vidas, maternidade, traição, orientação sexual... Claro que o choro foi livre neh, a gente botou tudo pra fora mesmo, éramos as melhores amigas ali. Deu para sentir o poder daquele curso. Arrisco dizer que deveria ser matéria obrigatória nas escolas, sério mesmo!! heart

Eu queria poder reproduzir aqui as palavras que foram ditas naquele momento, mas não vou expor ninguém, claro. Porém, vou propor que você faça esse exercício agora e sempre que quiser. Pergunte-se por que você é uma diva e responda a si mesma. Leve a sua resposta para o seu dia a dia e sugira às suas amigas que façam isso também. Vamos fazer uma corrente de divas!! Porque é o que somos! 
 

Publicações Relacionadas

Falar de mulher é fácil, difícil é ser uma

Um 'não sei o que’ dentro de mim me reprime, me empurra pra baixo.

Venda direta: opção de renda extra de muitas mulheres

Disparidade salarial entre homens e mulheres ainda durará 100 anos.

Carnaval não é lugar para “mulher direita”

A folia de Momo não oferece as mesmas possibilidades para mulheres e homens.

Seja o primeiro a comentar

ENVIAR UM COMENTÁRIO

PORQUE MEU COMENTÁRIO NÃO APARECEU?

Os comentários do portal são moderados, então podem demorar um pouco a serem autorizados. Comentários ofensivos não são publicados.