faleconosco@tudoparamulher.net

Toalhas devem ser trocadas com mais frequência do que você imagina

Toalhas devem ser trocadas com mais frequência do que você imagina

Toalhas devem ser trocadas com mais frequência do que você imagina

256 0

Você chega do trabalho cansada e logo corre para o chuveiro para tomar um banho quentinho e relaxante. Depois de alguns minutos, você já se sente muito melhor, fecha o chuveiro e se enrola em uma toalha macia e felpuda para se secar.

Essa sensação que temos logo depois do banho é uma delícia, não é mesmo? Às vezes, até parece que a toalha está nos dando um abraço.

A gente aposta que você também adora sentir o toque da toalha macia e limpinha na sua pele… Mas será que ela realmente está tão limpinha assim? Provavelmente, não. Longe de querer sugerir que você passa semanas usando a mesma toalha sem lavar (ou você passa?), mas é bem possível que você não esteja trocando suas toalhas com a frequência que deveria.

A frequência certa
Por quantos dias você pode usar a mesma toalha, sem lavá-la, de forma segura? Se você apostou em uma semana, saiba que não é bem assim. Na verdade, esse prazo não é determinado por dias, mas sim pelo número de usos.

De acordo com os cientistas, o intervalo correto para fazer a substituição das toalhas – seja de banho, de rosto ou de mão – é de apenas três usos. Isso mesmo: talvez você não tome três banhos por dia, porém, se você lava as mãos com uma frequência maior do que essa (a gente espera que sim), a recomendação é trocar a toalhinha diariamente!

Por que tudo isso?
Trocar as toalhas de banho a cada três usos pode parecer exagero, mas essa recomendação tem suas razões de existir – e elas se chamam fungos e bactérias. As toalhas são ambientes ideais para a proliferação de micro-organismos e para o acúmulo de células mortas e secreções corporais, como fluidos genitais, saliva e sangue (quem nunca se cortou com uma lâmina durante o banho?). Além disso, as toalhas também são excelentes para acumular ácaros.

É só parar para pensar: as toalhas oferecem um ambiente úmido, estão em contato com o oxigênio e são expostas ao calor do banheiro – tudo o que os micro-organismos sonham em ter um dia.

E se você estiver se perguntando da onde vêm esses micro-organismos, saiba que é do seu próprio corpo. Estamos cobertos por esses seres minúsculos, e os banhos, por mais caprichados que sejam, não são capazes de eliminar todos esses fungos e bactérias.

Além disso, as toalhas podem se contaminar com os micro-organismos do próprio banheiro. Isso, é claro, sem contar com a possibilidade de que você compartilhe a toalha com alguém – nesse caso, a contagem de germes aumenta ainda mais.

Aí, quando nos esfregamos na toalha, eles se transferem para o tecido, junto com células mortas da nossa pele. O resultado disso são condições perigosas para a nossa saúde, como doenças causadas pelas bactérias Escherichia coli (infecções urinárias e intestinais) e Staphylococcus aureus (um patógeno oportunista que pode causar infecções de pele).

Fonte: dicasdemulher.com.br
 

Publicações Relacionadas

Segredinhos que garantem toalhas macias

O modo como você lava as suas toalhas de banho pode estar errado.

Corrida: o esporte-terapia

Tem muita gente encontrando, na prática, a solução para o stress, a ansiedade, a insônia e vários outros incômodos

Violência psicológica é crime!

Quem sofre esse tipo de agressão dificilmente perceberá que está sendo vítima desse mal.

Seja o primeiro a comentar

ENVIAR UM COMENTÁRIO

PORQUE MEU COMENTÁRIO NÃO APARECEU?

Os comentários do portal são moderados, então podem demorar um pouco a serem autorizados. Comentários ofensivos não são publicados.